Acesse Morro
Greve no Estado

Professores ocupam prédio da Seduc e criticam piso proposto pelo governo

Mais de 100 professores participam do ato, que reivindica reajuste salarial de 4,17% em relação a 2019 e 12,84% referente a 2020 para os servidores ativos e aposentados.

12/02/2020 15h19
Por: Editor Master
Fonte: Cidade Verde
11
Foto Roberta Aline/ Cidade Verde
Foto Roberta Aline/ Cidade Verde

Professores da rede Estadual de ensino realizam uma manifestação no prédio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) na manhã desta quarta-feira(12). 

Mais de 100 professores participam do ato, que reivindica reajuste salarial de 4,17% em relação a 2019 e 12,84% referente a 2020 para os servidores ativos e aposentados. No início da semana o governo do Estado anunciou que o piso dos professores neste ano será de R$3.167. 

Para a categoria, este piso é “midiático” e não condiz com a realidade. “Estamos aqui na Seduc lutado por um reajuste verdadeiro. Esse piso é uma falácia, o governador esquece de dizer que esse piso anunciado por ele, é junto com o vencimento da época com a nossa regência, além de outros direitos nossos”, critica a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação- Sinte, Paulina Almeida.

O sindicato afirma que a greve por tempo indeterminado continua e não há previsão para que retornem à sala de aula. Os professores buscam um diálogo com o governo do Estado. 

Os professores também reivindicam mudanças de classe e nível, melhoria nas infraestruturas das escolas, celeridade nas aposentadorias e reenquadramento dos administrativos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Natalia Financeira
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio